Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Paralisações deixam 65 mil alunos sem aulas na Paraíba nesta quarta

Escolas municipais e particulares de Campina Grande não terão aulas. Servidores de universidades também devem realizar manifestações na PB

Cerca de 65 mil alunos da rede municipal de ensino e escolas particulares de Campina Grande devem ficar sem aulas nesta quarta-feira (24). A paralisação das atividades se dará pela realização de assembleias gerais entre os sindicatos representantes dos professores da categoria. Além destas paralisações, professores e técnicos de outras instituições de ensino superior públicas do Estado também devem realizar mobilizações.


Na rede municipal de ensino de Campina Grande 32 mil alunos ficarão sem aulas, pois o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab) realizará uma assembleia para deliberar sobre a deflagração de uma greve. Segundo o presidente do Sintab, Nazito Pereira, a categoria exige reajuste salarial e o cumprimento da progressão de carreira profissional.

“Na semana passada o prefeito Romero Rodrigues anunciou um reajuste de 11,36% e vamos levar essa proposta para os professores. Vale salientar que o reajuste salarial não é a nossa única reivindicação”, disse Nazito.

Já na rede particular de ensino, cerca de 33 mil alunos ficarão sem aulas,  devido uma assembleia geral que será realizada com os professores. Segundo o presidente do sindicato das escolas particulares de Campina Grande, Antônio Andrade, não haverá aula em 40 escolas da cidade. Esta assembleia inclui também os professores das faculdades particulares de Campina Grande, onde os alunos também ficarão sem aulas.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário