Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Roger ataca nordestinos após divulgação de pesquisa presidencial

A tese que “culpa” a região Nordeste pelos sucessos eleitorais de Lula e Dilma é recorrente
Foto: Reprodução
Roger Moreira
Roger Moreira, 59, aproveitou o resultado da pesquisa de intenções de voto para eleições de 2018 para proferir mensagem ofensiva aos nordestinos.


O vocalista da banda Ultraje a Rigor reproduziu em sua conta no Twitter uma matéria que tratava da liderança do ex-presidente Lula na última pesquisa Datafolha para as próximas eleições e atribui a liderança do petista ao “alto número de ignorantes no Nordeste”.

Notícias destaque no Blog NP


"Lula bomba no Nordeste (...) Daí você diz que é devido ao alto número de ignorantes do NE (comprovado) e detona o mimimi", escreveu na postagem. 

Trecho da publicação do cantor (Foto: Reprodução)
O cantor começou a receber inúmeras represálias.

"Sugiro que faça um estágio no Nordeste. De repente você aprende a compor com Alceu, Chico César, Zé Ramalho”, criticou um internauta.

Internautas aproveitaram para lembrar que sem o grande número de votos em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A presidente afastada, aliás, se sagrou vitoriosa em Minas na última eleição presidencial, berço político de seu adversário direto, Aécio Neves.

A tese que culpa nordestinos pelos sucessos eleitorais de Lula e Dilma é recorrente. Um dos casos mais famosos foi o de Mayara Petruso, estudante de Direito que defendeu o assassinato de nordestinos por afogamento por não se conformar com a vitória de Dilma Rousseff em 2010.

A esposa do presidente da Abril também já fez afirmações do tipo ao comentar o processo que pedia o impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. “O Nordeste colocou Dilma no planalto, agora um nordestino não quer deixá-la sair [Waldir Maranhão]. Depois dizem que somos preconceituosos. Será mesmo?”, escreveu.

Notícias ao Minuto

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Nenhum comentário:

Postar um comentário