Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Médica é rendida ao sair do trabalho e levada por assaltantes

Médica ficou duas horas sob domínio de criminosos dentro do próprio carro até ser liberada na segunda
Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
Câmara de segurança flagrou momento em que assaltantes rendem médica e saem com carro em João Pessoa
Uma médica foi feita de refém quando saía do trabalho, em um hospital em Jaguaribe, em João Pessoa, e levada por assaltantes no final da tarde de segunda-feira (11) dentro do próprio carro. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos passaram por vários locais da cidade com a médica rendida e depois libertaram a vítima em uma área deserta. A dupla criminosa fugiu com o carro da médica, ainda segundo a polícia. Comente no final da matéria.


Imagens de uma câmera de segurança gravaram o momento em que os bandidos rendem a médica, colocam ela no banco traseiro do carro e seguem no controle do veículo. Segundo informações repassadas pela polícia, a médica ficou cerca de duas horas sob o domínio dos assaltantes. A médica foi liberada pelos assaltantes do bairro de Colinas do Sul.

A vítima procurou a Central de Polícia e registrou a ocorrência. Em depoimento prestado à delegada Ana Carolina, a vítima explicou que os assaltantes passaram por ela primeiramente e depois retornaram já anunciando o assalto. Um dos criminosos estava armado.

“Pelas declarações, a médica foi escolhida aleatoriamente pelos criminosos, e talvez por estar em um momento vulnerável. Ela contou que os assaltantes informaram que o alvo não era ela. Disseram que iam precisar do carro para fazer uma ‘parada’ e que depois devolveriam o carro”, explicou a delegada.

A médica não ficou ferida no caso. A primeira suspeita da Polícia Civil é de que o carro levado pelos dois assaltantes tenha sido usado para atacar uma agência bancária no início da manhã desta terça-feira (12) no bairro do Bessa, em João Pessoa. Até as 7h23 (horário local), o carro da médica não tinha sido localizado.

G1 PB