Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Equipe do Samu teria ido de ambulâncias à festa durante plantão, na Paraíba; Ida não prejudicou população, garante prefeitura

Coordenação de comunicação defendeu que os profissionais apenas quiseram prestar homenagem à coordenadora e atribuiu a questões políticas a polêmica gerada em cima do caso
Foto: Reprodução
Prefeitura esclareceu que não houve chamados da população no tempo em que participou de festa
A coordenação de comunicação da Prefeitura de Mamanguape explicou, na manhã desta segunda-feira (23), que não houve chamados ao Samu durante o tempo em que profissionais participaram de uma festa de aniversário da coordenadora da equipe, na noite do sábado (21). “Não houve prejuízos à população”, garantiu o responsável pela pasta, Alex Figueiredo, que ainda atribuiu a questões políticas a polêmica gerada em cima do caso.


Em contato com o Portal Correio, ele defendeu que os profissionais apenas quiseram prestar homenagem à coordenadora e não demoraram no local, como também não ingeriram bebidas alcoólicas.

“Segundo a coordenadora, não há nada ilegal na situação. A legislação não fala nada sobre isso, não preconiza nada sobre a estada do Samu na base. O que aconteceu foi apenas uma homenagem que os profissionais prestaram à sua coordenadora. Foi uma surpresa, ela não estava sabendo. Os profissionais não ingeriram bebidas alcoólicas e durante o tempo que ficaram lá não foram registrados chamados. Então não houve prejuízos à população”, esclareceu o coordenador de comunicação do Município.

O caso tomou repercussão negativa após dois homens denunciarem, em vídeo, que os profissionais teriam usado duas ambulâncias para se deslocarem até o local da festa. As imagens, divulgadas na internet, mostram uma Unidade de Suporte Avançado (USA), espécie de UTI Móvel, e uma Unidade de Suporte Básico (USB) na rua da casa onde aconteceu a comemoração.

De acordo com Alex Figueiredo, a prefeitura conseguiu identificar a placa do veículo usado pelos denunciantes durante a gravação do vídeo. “O proprietário do carro foi identificado como recebedor de R$ 3.000 relativos a serviços prestados na Câmara Municipal. Não temos como saber se ele era um dos homens que estavam no carro, pois o rosto não aparece. Mas o outro é o presidente da Câmara, o vereador João Ferreira, que faz oposição à prefeitura. Por isso, acreditamos que esse vídeo deles tem motivação política”, completou o coordenador de comunicação.

Amanda Gabriel – Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário