Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Homem que ganhou R$ 30 mil no 'Caldeirão do Huck' morre em acidente de trânsito

Alessandro Monteiro de Sousa pilotava uma moto na PR-439, em Santo Antônio da Platina, e foi atingido por um carro. Família participou do Caldeirão do Huck e ganhou prêmio de R$ 30 mil
Foto: Antônio Picoli/Tribuna do Vale
Acidente aconteceu na PR-439; carro atingiu a moto que pai do menino pilotava
O pai do menino que, em 2017, emocionou a internet com honestidade morreu em um acidente de trânsito na noite de quinta-feira (16) em Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná.


Alessandro Monteiro de Sousa, de 37 anos, pilotava uma moto na PR-439. Um carro acabou batendo contra a moto, de acordo com a Polícia Militar (PM). Os ocupantes do automóvel tiveram ferimentos leves.

O corpo de Alessandro foi sepultado por volta das 17h30 deste sexta-feira (17), no Cemitério Municipal São João Batista. O velório foi realizado na capela da Funerária Santo Antônio.

Pai do menino que ficou conhecido pela honestidade é enterrado em Santo Antônio da Platina
Alessandro Monteiro era montador de móveis. Em dezembro do ano passado, a família dele participou do quadro "Agora ou Nunca", do Caldeirão do Huck, e ganhou o prêmio de R$ 30 mil.

Relembre a história
O garoto Alessandro Júnior Rodrigues de Sousa pediu R$ 1 a um funcionário da Companhia Paranaense de Energia (Copel), que tinha ido até a casa da família, em Santo Antônio da Platina, para cortar a luz por falta de pagamento.

O menino ganhou uma nota de R$ 5 para dividir com os irmãos e esperou o eletricista voltar para devolver o troco de R$ 2.

O caso ocorreu em 2016, mas ganhou notoriedade após a publicação nas redes sociais em outubro de 2017, quando o eletricista da Copel João Cândido compartilhou a história.

No texto, acompanhado de uma foto das mãos do menino devolvendo R$ 2, o funcionário relatou que foi cortar a energia da família e, na saída, foi abordado pelo menino que pediu dinheiro.

Ao voltar, no fim da tarde do mesmo dia para religar a luz, foi recebido com entusiasmo pelo menino, que queria lhe devolver o troco.

Para Cândido, a atitude do menino de devolver o troco foi o maior exemplo de honestidade e responsabilidade que ele já tinha visto na vida.

Participação no programa
No Caldeirão do Huck, o pai do menino disse que a família estava muito feliz com a participação no programa e com o prêmio. "Foi uma benção de Deus", afirmou.

Durante o programa, o apresentador Luciano Huck elogiou a educação das crianças, mesmo em meio a tantas adversidades.

"A gente está no caminho certo e a gente não pode parar por aí”, declarou o pai ao G1, logo após a exibição da reportagem no Caldeirão do Huck.

Alberto D'angele, RPC Londrina e G1 PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário