Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Biografia de Luzia Mercês do Amaral

BIOGRAFIA

Luzia foi parteira em Nova Palmeira
Luzia Mercês do Amaral ou simplesmente Dona Luzia foi uma parteira de ofício. Nascida em 7 de setembro de 1919, era filha de Maria Dominga da Conceição e João Francisco do Amaral. Luzia era a penúltima de uma família de vários irmãos. Nascida em uma casinha do sítio Bernardino, município de Picuí, Seridó da Paraíba, ela se mudou logo depois para o sítio Conceição, em Frei Martinho, na mesma região.

De origem humilde, essa nordestina lutadora casou aos 16 anos, em 1935, com Severino Bezerra de Medeiros, popularmente conhecido por Severo, de 42 anos, e foi morar em Nova Palmeira, também no Seridó paraibano, local onde passou a maior parte da sua vida. 

Luzia Mercês do Amaral
Dessa união nasceram seis filhos, Maria Aparecida de Medeiros (1940); Sebastião Bezerra de Medeiros (1945); Severino Bezerra de Medeiros (1950) - in memorian; Maria da Conceição Bezerra de Medeiros (1952); Maria de Fátima Bezerra de Medeiros (1955) e Terezinha de Jesus Bezerra de Medeiros (1958).

Ingressou no curso de parteira, na cidade de Campina Grande, onde praticou a função com maestria em solo nova-palmeirense até meados dos anos 80.

Em meio aos exercícios da profissão, criou desde o nascimento, os netos Luzia Raissa Bezerra de Macedo e Antônio Bezerra de Medeiros Sobrinho, filhos de Conceição Bezerra e José Joaquim de Macedo.

Diante de tantas benfeitorias à população, Luzia foi lembrada em 1998 pela administração da época, e teve seu nome dado à creche municipal.

Há 21 anos, precisamente em 7 de setembro de 1997, dia em que completava 78 anos, faleceu em sua residência, deixando órfãos os habitantes da pequena Nova Palmeira.

Blog NP

Um comentário:

  1. Mulher símbolo de da caridade e de acolhimento, acolhia a todos com carinho e amor. Saudades eterna.

    ResponderExcluir