Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Procon-CG aponta irregularidades em preços de combustíveis

Análise nas notas fiscais de 55 postos identificou que dos 30% de redução na gasolina concedido pela Petrobras, as distribuidoras repassaram aos postos apenas 7,4%

Os elevados preços cobrados pelo litro da gasolina em Campina Grande, mesmo com as constantes reduções de valor do produto promovidas pela Petrobras, viraram alvo de denúncia do Procon-CG para o Ministério Público da Paraíba (MPPB).


Conforme o Procon-CG, uma análise nas notas fiscais de 55 postos identificou que dos 30% de redução na gasolina concedido pela Petrobras, as distribuidoras repassaram aos postos apenas 7,4%, que acabou refletindo um desconto de 1,95% para o consumidor.

“Na análise realizada nas notas fiscais de compra dos combustíveis pelos postos, constatamos que neste período a redução de 30% informada pela Petrobras às distribuidoras no preço da gasolina comum não foi repassada de forma integral aos postos. Quase nada [foi repassado ao consumidor que] continua pagando caro para encher o tanque com esse combustível”, afirmou o coordenador do Procon-CG, Rivaldo Rodrigues.

No questionamento ao MPPB, o Procon-CG pediu que os postos expliquem os motivos de estabelecimentos de uma mesma rede revenderem combustíveis com preços tão diferentes em João Pessoa e Campina Grande.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário