Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

domingo, 6 de janeiro de 2019

Homem é morto com dois tiros na cabeça na Paraíba; adolescente é apreendido

Vítima estava na frente da casa de familiares quando foi executado com dois tiros na nuca, diz polícia
Foto: Divulgação/Polícia Militar da Paraíba
Revólver usado no homicídio em Bayeux, na Grande João Pessoa, foi recolhido pela polícia
Um homem de 35 anos foi morto com dois tiros na cabeça no bairro São Bento, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa, na noite de sábado (5). Segundo informações da Polícia Militar, Kléber Tavares da Silva, foi baleado por volta das 20h15 (horário local). Um adolescente de 17 anos foi detido em flagrante como suspeito do crime.


Ainda de acordo com informações registradas pela polícia, o adolescente apreendido estava com um revólver calibre 38 com duas munições deflagradas. O adolescente foi localizado minutos depois do crime quando tentou invadir uma festa de aniversário que ocorria na casa de um soldado da Polícia Militar.

Em depoimento à polícia ainda no local do crime, o suspeito afirmou que estava sendo ameaçado de morte pela vítima, Kléber Tavares da Silva, no entanto, familiares de Kléber relataram que ele não tinha antecedentes criminais, nem mantinha comportamento agressivo ou violento.
 
Kléber Tavares foi morto com dois tiros na cabeça na noite do sábado (5) em Bayeux (Foto: Arquivo Pessoal)
O delegado Carlos Othon, plantonista da delegacia de homicídios, explicou que o crime se tratou de uma execução. Os dois tiros que atingiram a vítima entraram pela nuca.

“Ele tinha ido na mesma noite à culto em uma igreja evangélica. Pouco depois, estava em frente à casa de familiares na sua motocicleta quando foi surpreendido por um menor que disparou dois tiros”, relatou o delegado.

Carlo Othon não deu detalhes sobre o comportamento ou antecedentes da vítima, mas confirmou que a principal hipótese do crime é de que se tratou de uma execução. O adolescente e arma do crime foram encaminhados para a 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário