Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 22 de março de 2019

Preso por morte de adolescente na PB ajudou a reconhecer corpo e foi a velório, diz polícia

Suspeito foi preso na quinta-feira (21), em Fagundes, no Agreste. Vítima foi morta a tiros no dia 26 de janeiro deste ano, segundo a polícia

Um homem foi preso na quinta-feira (22) suspeito de matar um adolescente de 17 anos, na cidade de Fagundes, no Agreste da Paraíba. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Iasley Almeida, o crime aconteceu no dia 26 de janeiro deste ano e, após matar a vítima, o suspeito teria ajudado a família a fazer o reconhecimento do corpo e ido ao velório.

Siga o Instagram  BlogNP

O suspeito, de 53 anos, foi preso após investigações do Núcleo de Homicídios da 11ª Delegacia Seccional da Polícia Civil de Queimadas. Segundo o delegado, a prisão temporária e o mandado de busca e apreensão na casa do suspeito foram expedidos pela Comarca da cidade.

“De acordo com vários depoimentos, o suspeito, além de matar o adolescente de 17 anos, auxiliou familiares no reconhecimento do corpo no IML e na preparação do funeral, e ainda foi ao velório fingir solidariedade à família da vítima", disse Iasley Almeida.

Ainda segundo o delegado, o suspeito não era amigo nem parente da família da vítima, mas ele participou do reconhecimento do corpo e do velório porque a cidade é pequena e o crime mobilizou os moradores.

Na manhã desta sexta-feira (22), o delegado informou que o suspeito permanece detido na Delegacia Seccional de Queimadas e que a motivação do crime ainda está sob investigação da Polícia Civil.

Adolescente morto a tiros em janeiro
O adolescente foi morto a tiros na madrugada do dia 26 de janeiro deste ano. Segundo a polícia, ele estava dentro da casa onde morava, na rua José Ferreira Dantas, no Centro de Fagundes, quando um homem armado com uma espingarda calibre 12 invadiu a residência e atirou diversas vezes. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário