Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Paraíba tem terceira menor taxa de homicídios do Nordeste em 2017, diz Ipea

Paraíba teve um índice estimado de 33,9 mortes violentas por 100 mil habitantes em 2017, ano referência do estudo

A Paraíba tem a terceira menor baixa taxa de homicídios da região Nordeste, segundo o Atlas da Violência 2019, divulgado nesta segunda-feira (5). A pesquisa, feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra que a Paraíba teve um índice estimado de 33,9 mortes violentas por 100 mil habitantes em 2017, ano referência do estudo.

Os números deixam a Paraíba atrás apenas do Maranhão e do Piauí, que registraram taxas de 31,9 e 20,9, respectivamente. O estado mais violento do Nordeste, segundo a pesquisa do Ipea, é o Rio Grande do Norte, que apresentou 67,4 mortes por 100 mil habitantes.

O Ipea analisou 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes em 2017 e fez um recorte regionalizado da violência no país. A pesquisa mostra as regiões Norte e Nordeste concentram 18 das 20 cidades mais violentas do país. A líder desse ranking negativo foi Maracanaú, no Ceará, com 145,7 homicídios para cada 100 mil habitantes.

A Paraíba não tem nenhuma representante na lista de mais violentas. Quatro cidades do estado estão entre as 310 pesquisadas pelo Ipea: João Pessoa, Campina Grande, Patos e Santa Rita. Esta última apresentou a maior taxa de mortes, com um total de 73,9. O número de Santa Rita é bem superior ao da capital, que foi de 38,9.

A pesquisa revela ainda que João Pessoa teve uma redução de 4,9% na quantidade de homicídios entre 2007 e 2017.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário