Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Vídeo flagra homem se masturbando perto de mulheres em rua de Campina Grande

Segundo testemunhas, homem tentou estuprar jovens, mas elas perceberam e correram
Foto: Reprodução/TV Paraíba
Homem é flagrado sem roupas e fazendo gestos obscenos
em público no bairro das Malvinas, em Campina Grande
Imagens de uma câmera de segurança flagraram a ação de um homem que tentou estuprar duas jovens na tarde desta quarta-feira (21), no bairro Malvinas, em Campina Grande. Segundo o relato de testemunhas, o homem chegou a descer sem roupas do carro e ficou esperando as meninas que caminhavam pela rua se aproximarem. Elas perceberam a ação do homem e correram.

O fato ocorreu por volta das 16h. Nas imagens, o suspeito para um carro sedan de cor branca em uma esquina, desce pelado do veículo e começa a se masturbar enquanto olha para as mulheres. Elas correram e pediram ajuda em casas vizinhas. Moradores da região reclamaram que a Polícia Militar não atendeu a ocorrência.

Um morador que ajudou as meninas - e que pediu para não ser identificado - contou ao G1 como recebeu as vítimas. “Elas bateram no meu portão e pediram ajuda. Elas estavam indo comprar alguma coisa quando tudo aconteceu. Quando viram ele sem roupas esperando elas passarem, elas correram”, disse ele.

Outros moradores da rua também relataram ao G1 que ligaram para o número 190 da Polícia Militar, mas que o órgão não atendeu a ocorrência e orientou procurar a Polícia Civil. “Disseram pra prestar boletim (de ocorrência), que não era serviço da PM. Eu ainda disse que era uma situação de flagrante e que eles deveriam puxar a placa (do veículo) pra tentar identificar o cara”, disse um morador.

O comandante do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), major Marcos Vinícius, disse que não é esta a recomendação que os policiais recebem e que vai apurar a ligação junto ao Ciop. “Vou procurar nos nossos registros essa ligação e vou escutar para saber como o policial que estava operando a ligação atendeu a solicitação”, disse.

O major Marcos Vinícius também destacou que, mesmo que não fosse uma situação de flagrante, a viatura deveria ter ido ao local. “Pela situação seria um flagrante e a Polícia Militar tem que ir. Se fosse apenas uma averiguação, mesmo assim deveria mandar uma viatura. Diariamente, inclusive, atendemos ocorrências em que são feitas apenas averiguações”, destacou o comandante.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário