Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Inep brinca com hit da caneta azul para alertar sobre Enem

Única caneta permitida para a realização do exame é a esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente

Meme é do hit 'Caneta Azul', do cantor
maranhense Manoel Gomes
(Foto: Reprodução/ Instagram/Inep)
O hit ‘Caneta Azul’ é contagiante, mas não pode ser a ponto de confundir na hora de cumprir as regras do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece nos próximos dias 3 e 10 de novembro. Foi se utilizando de um ‘meme’ da música tendência que o Inep alertou os estudantes na hora de levar a caneta para a prova.

“Caneta azul, azul caneta, caneta azul tá marcada com minha letra”. É assim que se inicia a canção do cantor maranhense Manoel Gomes, que teve sua versão alterada pelo Inep para “caneta preta, preta caneta, caneta preta para marcar qual é a letra”, referindo-se ao Enem.

Na postagem, divulgada nesta segunda-feira (28) na plataforma Instagram, o Inep orienta que “a única caneta permitida para a realização do exame é a esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Lápis, lapiseiras e outros tipos de caneta não poderão estar sobre a mesa durante a realização do exame”.

‘Hit’
A voz chorosa do cantor Manoel Gomes vem sendo propagada pelas redes sociais desde que o maranhense postou um vídeo no Instagram lançando a nova canção. Em apenas cinco dias, Manoel, que entrou na rede social em 3 de outubro, coleciona mais de 87 mil seguidores.

O sucesso repentino do cantor se deve também às versões criadas por artistas como Wesley Safadão e Rodrigo Faro. Todas estão sendo repostadas pelo maranhense na rede social.

Com duas estrofes e um refrão, a composição conta a história de um estudante que perdeu uma caneta azul e quer encontrá-la. Memes, gifs e remixes já podem ser encontrados por meio da tag #CanetaAzul no Twitter.

Enem
As provas do Enem 2019 estão chegando. Elas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro para mais de 5 milhões de estudantes que tiveram a inscrição confirmada. As inscrições para o Enem encerraram no dia 17 de maio. A taxa foi de R$ 85.
Os inscritos devem acessar o Cartão de Inscrição do Enem, que contém as informações sobre local, sala e horário de prova.

Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos e fechados em horários diferentes nos estados, isso porque, pela extensão territorial do país, existem diferentes fusos horários. Os estudantes que chegarem após o fechamento dos portões não poderão fazer o exame.

No dia 3 de novembro, os estudantes terão cinco horas e meia para fazer a prova. No segundo domingo de prova, 10 de novembro, o tempo será mais curto: cinco horas.

O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que o participante imprima e leve o cartão de confirmação da inscrição, que já está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário