Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sábado, 12 de outubro de 2019

Suspeito de matar empresário em João Pessoa é preso em Santa Rita

Segundo delegado, vítima morreu dormindo com um tiro na cabeça; suspeito tem 19 anos
Foto: Reprodução/Arquivo pessoal 
Segundo a polícia, empresário
morreu com um tiro na cabeça
O suspeito de matar o empresário Aldeone Antunes Moreira, de 32 anos, encontrado morto no dia 17 de setembro, no bairro do João Paulo II, em João Pessoa, foi preso na manhã deste sábado (12). O homem de 19 anos foi preso no bairro de Tibiri, em Santa Rita, na Grande João Pessoa.

O delegado Braz Morroni disse ao Portal Correio que o jovem foi preso em casa e, no local, a polícia encontrou uma escada encostada em um muro que estava pronta para ser usada quando o suspeito precisasse fugir a qualquer momento.

Segundo o delegado, a residência foi cercada, e ainda assim ele tentou escapar por essa escada, pulando para um terreno vizinho, mas acabou preso. Ele foi levado para a Central de Polícia no bairro do Geisel, em João Pessoa, e teria confessado o crime.

Conforme o delegado, a partir do depoimento do suspeito, o jovem foi para a casa da vítima, onde consumiu bebidas alcoólicas. Ele matou o empresário com um tiro na cabeça quando a vítima dormiu e depois roubou o carro e outros pertences do comerciante.
 
Identificação do suspeito não foi divulgada pela polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
O caso
O empresário Aldeone Antunes Moreira, de 32 anos, foi encontrado morto na tarde de 17 de setembro, dentro do próprio apartamento, localizado no bairro do João Paulo II, em João Pessoa.

Segundo informação da Polícia Civil, amigos sentiram falta da vítima e foram procurá-la, quando acharam o corpo em estado de decomposição. Os amigos pediram ajuda de um chaveiro para entrar no apartamento de Aldeone.

O rapaz teria sido morto com um tiro na cabeça dois dias antes do corpo ser achado. A polícia não encontrou sinais de arrombamento na porta, mas alguns objetos, eletrodomésticos e o carro dele foram roubados.

Dois dias depois do corpo ser encontrado, a Polícia Civil achou o carro pertencente ao comerciante. O veículo de modelo Ecosport, cor vermelho, estava em uma área de matagal, na comunidade conhecida como “Mumbaba”, que fica na divisa do Bairro das Indústrias, em João Pessoa, e cidade de Santa Rita.

Segundo o delegado Tércio Chaves, o veículo estava com pneus baixos e sinais de incêndio. “Há marcas de fogo que mostram que tentaram incendiar o carro, mas não conseguiram. O fogo se apagou logo”, afirmou.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário