Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sábado, 9 de novembro de 2019

Pessoas brancas ganham 40% a mais do que negras e pardas na PB

Pessoas de pele branca possuem rendimento médio de R$ 2,2 mil, contra R$ 1.570 das pessoas de pele preta ou parda

As pessoas consideradas de pele branca possuem um rendimento médio real 40% superior do que as pessoas consideradas de pele preta ou parda na Paraíba. Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nessa quarta-feira (6).

O documento é resultado da análise das condições de vida da população brasileira em 2018, tendo em vista aspectos como mercado de trabalho e estrutura econômica; distribuição de renda e padrão de vida; e educação. O estudo é baseado, principalmente, em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), de 2012 a 2018.

Conforme o documento, as pessoas de pele branca possuem rendimento médio de R$ 2,2 mil, contra R$ 1.570 das pessoas de pele preta ou parda.

Quando são comparadas as categorias homens e mulheres, com rendimentos médios de R$ 1.867 e R$ 1.704, respectivamente, a diferença entre os rendimentos é de aproximadamente 9,5%, em empregos formais.

Nos trabalhos informais, em que o rendimento médio de pessoas brancas é de R$ 1.056, enquanto o de pretas ou pardas é de R$ 752, o percentual de diferença também é de cerca de 40%. Já o rendimento masculino, de R$ 944, é cerca de 39% superior ao feminino, de R$ 679.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário