Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Alunos da rede municipal de ensino de Nova Palmeira são medalhistas em Olimpíada Brasileira de Matemática

Os alunos Tallys Ruan da Silva Nóbrega e Gabrielly Lima Amorim conquistaram a medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática 2019

Tallys Ruan e Gabrielly Lima (Foto: Assessoria)
Cinco estudantes da EMEFM Iran Coelho Dantas (ICD) de Nova Palmeira, se destacaram na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP 2019.  Os alunos Tallys Ruan da Silva Nóbrega e Gabrielly Lima Amorim, ambos com 13 anos de idade e cursando o 7º ano do ensino fundamental, obtiveram a terceira colocação.

Além dos medalhistas de bronze, os jovens João Matheus Dantas de Lima, 6ª A; Tainá Dantas de Medeiros, 6ª B; e Gabriel de Araújo Gonçalo, 7ª B; receberão o Certificado de Menção Honrosa, por atingir uma pontuação de destaque na olimpíada.

Diante da quantidade de alunos que se destacaram, a Secretaria de Educação Municipal, a instituição ICD e o professor de matemática, também receberam premiações, com destaque para a secretaria, que foi uma das duas, entre 223 municípios paraibanos, a receber a honraria.

A secretária de Educação, Priscila Dantas, se mostrou feliz por Nova Palmeira ser tão bem representada e parabenizou os jovens pelas conquistas.

“É com muita satisfação para nós que fazemos a Educação Municipal de Nova Palmeira receber essa notícia. Ficamos felizes de poder contribuir com isso, mas sabemos que os reais protagonistas são eles que se esforçam diariamente, inclusive, nos sábados à tarde pra estudar. Tive o privilégio de ser professora deles e sei o quão esforçados são. Parabéns, garotada! Em nome da Educação Municipal, desejo muito sucesso para todos! Recebam nosso carinho e admiração! Estamos felizes em poder compartilhar esse momento com vocês”, disse a secretária

A cerimônia de premiação da OBMEP 2019 será realizada no próximo ano, com data a ser definida.

Tallys Ruan
Apesar da pouca idade, essa não é a primeira vez que o garoto é medalhista. Em 2017, o jovem conquistou prata na Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA e, em 2018, trouxe o bronze da OBMEP para Nova Palmeira.

OBMEP
A olimpíada foi criada em 2005 com o objetivo de popularizar o ensino da Matemática entre estudantes dos ensinos fundamental e médio. Os alunos passam por avaliação em duas fases, com aplicação de prova objetiva e discursiva.

Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário