Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

domingo, 26 de janeiro de 2020

Amante de lâminas guarda em sua coleção mais de 400 peças em Nova Palmeira

Jojó possui mais de 400 lâminas dos mais diversos estilos

Jojó coleciona lâminas desde 2012 (Foto: Halder Klay)
Dizem os estudiosos, os antropólogos e os amantes de lâminas que a primeira ferramenta que o homem criou foi uma faca. Desde os tempos primitivos, o homem caçava e preparava seus alimentos, se defendia contra animais e inimigos, construía abrigos e produzia suas vestimentas com uma lâmina às mãos.

Em Nova Palmeira, na Paraíba, o técnico em laboratório, asfalto, concreto, microrrevestimento e terraplanagem, Josenilson Alves, ou simplesmente Jojó, de 38 anos, coleciona desde o ano de 2012, facas, facões, canivetes, punhais, espadas e machadinhas.
 
Punhal no estilo do cangaço, canivetes e bainha
em PVC feita por Jojó (Fotos: Halder Klay)
O colecionador tem uma infinidade de tipos de peças. Há canivetes, por exemplo, em forma de cartão de crédito e de talheres. Ele relata que herdou a paixão pela cutelaria desde criança, e que já possui mais de 400 unidades, entre objetos artesanais, modernos e antigos, guardadas na sua oficina particular, em sua residência.

“Fui ganhando dos amigos, comprando no Paraguai, sempre quando viajava a trabalho e, como eu já amava armas, aí resolvi começar minha coleção. Além das lâminas eu confecciono bainhas em PVC e possuo várias em couro para guardar minhas peças”, explicou Jojó.
 
Jojó segurando espada e faca (Fotos: Halder Klay)
Além dos objetos obtidos em Nova Palmeira e região, Jojó conseguiu outras grandes variedades oriundas do Paraguai, Uruguai, Chile, Bolívia e também da Amazônia brasileira. Algumas são tão afiadas, que se pode até fazer a barba num rosto de uma pessoa com perfeição.

O amante da cutelaria possui também réplicas de armas usadas na série de filmes do clássico Rambo, estrelada por Sylvester Stallone, além de facas e canivetes com kit’s de sobrevivência e punhal no melhor estilo cangaço.

Jojó diz continuar recebendo armas, e que neste ano de 2020 já ganhou algumas de amigos. Segundo o cuteleiro, muito em breve sua coleção vai atingir a marca de 500 unidades.
 
Coleção ultrapassa as 400 peças (Fotos: Halder Klay)
Blog NP / Conecta PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário