Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quarta-feira, 4 de março de 2020

Dez são presos por desviar R$ 120 mi através de fraudes fiscais

Ordens judiciais foram cumpridas em residências, empresas e escritórios de contabilidade dos envolvidos, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa

Dez pessoas foram presas, sendo cinco preventivamente e cinco temporariamente, nesta quarta-feira (4), suspeitas de integrar uma organização criminosa que movimentou cerca de R$ 120 milhões por meio de fraude fiscal. As ordens de prisão, além de 14 mandados de busca e apreensão, foram cumpridas em residências, empresas e escritórios de contabilidade dos envolvidos, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa.

A Operação Noteiras foi realizada pela Polícia Civil, em conjunto com o Ministério Público Estadual e com apoio da Secretaria de Estado da Fazenda. No total, participaram três promotores de Justiça, 50 policiais civis e 34 auditores fiscais da Fazenda Estadual, com suas respectivas equipes.

De acordo com o delegado Hector Azevedo, da Delegacia de Ordem Tributária de João Pessoa, a organização criminosa era especializada em constituir empresas de fachada para simular operações de compra e venda de mercadorias, com o objetivo de acobertar operações realizadas por empresas reais. O esquema promovia, desta forma, a circulação de mercadorias sem recolhimento de imposto, causando grave dano ao Estado.

Os investigados responderão por crimes contra a ordem tributária, organização criminosa e falsidade ideológica, cujas penas, somadas, chegam a 18 anos de reclusão.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário