Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

terça-feira, 24 de março de 2020

Paraíba confirma terceiro caso de coronavírus

Trata-se de uma mulher, de 31 anos, residente em João Pessoa com histórico de viagem para São Paulo, retornando a João Pessoa no dia 14 de março

O terceiro caso de Covid-19 na Paraíba, doença causada pelo novo coronavírus, foi confirmado na manhã desta terça-feira (24) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Trata-se de uma mulher, de 31 anos, residente em João Pessoa com histórico de viagem para São Paulo, retornando a João Pessoa no dia 14 de março.

Ao apresentar os sintomas, ela entrou em contato com a SES pelo Plantão de Dúvidas (telefone 99146-9790), sendo realizada a coleta. “A paciente segue em isolamento domiciliar, sendo monitorada pela vigilância municipal [da Capital]”, informou a Pasta.

A Paraíba possui outros dois casos confirmados de Covid-19. O primeiro teste com resultado positivo foi de um idoso de 60 anos, morador de João Pessoa, com histórico de viagem para a Europa. A segunda pessoa a ter a Covid-19 confirmada foi um morador de Igaracy, também de 60 anos, que voltou recentemente de uma viagem a São Paulo. Quatro mortes suspeitas são investigadas.

A SES divulgou apenas informação sobre o terceiro caso confirmado e não atualizou dados referentes aos comunicados na noite dessa segunda (23). A Pasta disse na manhã desta terça-feira (24) que 61 casos foram descartados e não atualizou o número de suspeitos. A assessoria de comunicação justificou que não foi possível ter acesso aos dados porque o sistema do Ministério da Saúde saiu do ar.

Conforme a SES, até a manhã desta terça (24), subiu para 25 o número de internações hospitalares por suspeita de Covid-19. Segundo divulgado pela SES na noite dessa segunda-feira (23), 11 pessoas estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 15 em leitos regulares. Até a tarde dessa segunda, a Paraíba contabilizava 20 internações, sendo 6 em UTIs.

A atualização corresponde a um crescimento de 25% no número total e de 83% de casos mais graves. As internações acontecem em hospitais públicos e privados de João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras e Sousa.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário