Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

domingo, 12 de abril de 2020

Dupla suspeita de matar o advogado Levi Borges é presa em Pernambuco

O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. O jurista ia visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no local

Segundo informações preliminares um traficante teria
encomendado uma Hilux branca, igual a do dr. Levi.
​A informação foi veiculada no Instagram
de Abelardo Jurema Filho - Foto: reprodução
Os dois suspeitos envolvidos na morte do advogado Levi Borges foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco em uma padaria no Recife, no sábado (11). O atirador seria um “adolescente”. Os criminosos relataram à Polícia Civil, durante depoimento que estava em busca de uma “Pajero Branca Top”, um veículo modelo SUV, parecido com o do advogado paraibano. O carro teria sido repassado a um traficante local em troca de drogas para consumo e provavelmente revenda. A informação foi veiculada no Instagram de Abelardo Jurema Filho.

O advogado e defensor público aposentado, Levi Borges de Lima, pai das juízas Andrea Cartaxo e Fabiana Borges foi assassinado, na tarde da última quinta-feira (09), em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife-PE. O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. O jurista ia visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no local.

As câmeras de segurança do condomínio mostram que Levi Borges chegou ao local no próprio carro, um Toyota SW4 SRV, de cor branca, ao lado da esposa, a também juíza Mariza Borges de Lima. Ele foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo. Nesse momento, o criminoso atirou.

Após ser alvejado, o advogado caiu em frente ao portão de visitantes. O assassino teria tentado entrar no veículo, mas percebeu que havia outra pessoa dentro do carro, voltou e disparou novamente no advogado, que tinha acabado de levantar do chão. Em seguida, entra em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando por ele.

Levi Borges chegou a ser socorrido com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário