Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Atendimentos por acidentes de trânsito caem durante quarentena

Período de isolamento social estabelecido pela quarentena diminuiu também o fluxo de veículos trafegando pelas rodovias

Os números de acidentes de trânsito no estado da Paraíba diminuíram desde o início da quarentena causada pelo novo coronavírus, que começou na segunda metade de março. Dados recolhidos pelos principais hospitais de referência a esses atendimentos no estado mostram que, ainda assim, a Paraíba registra números altos de vítimas envolvendo acidentes com motocicletas.

Hospital de Trauma João Pessoa
O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, registrou redução nos números gerais de atendimento aos acidentados de trânsito. No mês de março, essa redução foi de 12%.

De acordo com o setor de estatística, foram registrados 776 atendimentos, do dia 1º ao dia 31 de março de 2020, número 12,6% menor que o registrado no ano anterior, com 888 entradas. A diminuição também foi sentida em relação às vítimas de acidentes de motocicletas, sendo um pouco menor. Em 2020 foram 629 usuários, enquanto no ano passado 699, representando uma queda de 10%.

No mês de abril, o isolamento social estava com medidas mais rigorosas e os atendimentos diminuíram 25% em comparação ao mês de março. Foram registradas 585 vítimas do trânsito na Capital, sendo acidente com motocicletas (452), acidente de carro (49), acidente com bicicletas (32) e atropelamento (52).

Para o diretor-geral da instituição, Laércio Bragança, essa diminuição é um ponto positivo da medida de contenção, que obrigou a população a ficar em casa. “Com relação aos números de acidentes com motociclistas, se deve pelo fato das pessoas estarem mais em suas residências, consequentemente, aumentarem os pedidos delivery (entrega em casa)”, ressaltou. 

Ortotrauma de João Pessoa
O Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma) realizou 3,5 mil atendimentos e aproximadamente 400 cirurgias durante o mês de abril. O número de pacientes que chegaram ao hospital reduziu em relação aos três primeiros meses do ano.

De acordo com a diretora geral do Ortotrauma, Fabiana Araújo, observa-se redução no número absoluto de atendimentos, sem necessidade de internação, entretanto casos graves de vítimas de acidente de trânsito ainda apresentam um fluxo elevado. “O isolamento social serviu como um indicador que a redução do trânsito contribuiu como parâmetro para menos vidas em risco por acidente de trânsito, podendo servir como um alerta para a sociedade”, afirmou.

A unidade hospitalar já realizou 24,8 mil atendimentos este ano, sendo 7,8 mil atendimentos em janeiro; 7 mil em fevereiro; 6,4 mil em março e 3,5 mil em abril. “A situação de pandemia com toda essa situação de vulnerabilidade social, física, psicológica permitiu um estado de reflexão de possibilidade de resgate ao cuidado a si e ao próximo. Em que medidas básicas como higienizar as mãos e etiqueta respiratória podem salvar vidas, assim também obediência às leis de trânsito”, destacou Fabiana Araújo.

Hospital de Trauma Campina Grande
No Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes em Campina Grande, foram registrados 832 atendimentos relacionados ao trânsito, com entradas realizadas a partir do dia 1º ao dia 31 de março de 2020. Sendo eles 680 vítimas de acidente de moto, 49 de acidentes de carro, 52 de acidente com bicicletas e 51 vítimas de atropelamento. A diminuição em relação ao ano anterior foi de 23%, já que em 2019 tiveram 1.094 atendimentos do mesmo tipo.

No mês de abril deste ano, foram realizados 613 atendimentos com vítimas de acidente de trânsito. Sendo 66 por acidentes com bicicletas, 30 envolvendo acidentes de carro, 35 por atropelamento e 482 vítimas de acidente de moto. Número 35% menor que o de 2019, onde foram atendidas 946 pessoas.

Hospital de Patos
O relatório de atendimentos do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, em Patos, Sertão da Paraíba, constata que o número de atendimentos na urgência e emergência da unidade de vítimas de acidentes de trânsito, referente ao período de 1º a 31 de março, também diminuiu consideravelmente.

Em março, foram registrados 266 atendimentos de vítimas de acidente de trânsito, uma redução de 22% comparando ao mês de fevereiro, que, mesmo com dois dias a menos no calendário, contabilizou 342 ocorrências. Essa redução coincide com a adoção das medidas de isolamento social adotadas na Paraíba em função da pandemia da Covid-19.

Outro dado relevante é que, embora tenha havido redução dos acidentes, o número de ocorrências na urgência envolvendo motociclistas se manteve alto. Dos 266 pacientes atendidos, 233 estavam em motos. Os demais casos foram de vítimas de acidentes com bicicletas (19), seguidos de automóveis (7), atropelamentos (6) e ainda uma ocorrência com veículo de tração animal.

Em outra análise, no período de 31 de março a 5 de abril, já contabilizava mais 49 atendimentos de vítimas de acidentes, dos quais 42 envolveram motos, 5 foram com automóveis, um com bicicleta e um atropelamento. Os dados completos do mês de abril de 2020 ainda não foram divulgados.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário