Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Governo libera novo site para consulta do auxílio emergencial

Site permite consultar status do requerimento do auxílio emergencial, saiba como usar

Reprodução
Consultar o Auxílio Emergencial agora ficou mais fácil com o site Consulta Auxílio. A ferramenta, lançada nesta semana pelo Ministério da Cidadania e pela Dataprev, é específica para que o cidadão que fez o requerimento do benefício de R$ 600 possa consultar a disponibilidade dos recursos e o status do processo de concessão. O site, que não substitui as demais plataformas já disponíveis, tem como funcionalidade exclusiva a realização da consulta, deixando processos de requerimento e gestão do auxílio a cargo dos apps e sites Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A ferramenta é uma opção para o cidadão encontrar mais recursos na hora de consultar a concessão e o processo de liberação do benefício, também conhecido como "coronavoucher". A expectativa é que a plataforma ajude a diminuir a sobrecarga que têm sido comum no uso do Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A Dataprev, empresa pública responsável pela gestão da ferramenta, afirma que já foram realizados 97,7 milhões de cadastros. Desse total, 50,5 tiveram o auxílio concedido, enquanto 32,8 milhões foram considerados inelegíveis e 13,7 milhões dependem de correções nos dados cadastrais.

O auxílio emergencial consiste em um benefício de R$ 600 a ser concedido por três meses pelo Governo Federal para amenizar a crise causada pela pandemia da Covid-19. Para receber o chamado "coronavoucher", o trabalhador não pode ter renda fixa e precisa se encaixar nos grupos de informais, microempreendedores individuais, contribuintes individuais da Previdência Social e desempregados. Além disso, o cidadão deve atender às seguintes regras:
  • Ter mais de 18 anos;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou participar de programa de transferência de renda federal (exceto pelo Bolsa Família);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo ou, no total, de até três salários mínimos;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

A solicitação do benefício deve ser feita pelo app ou site Auxílio Emergencial Caixa. Após o procedimento, é possível acompanhar o pedido pela nova plataforma da Dataprev. 

Tech Tudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário