Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Ministério Público diz que houve equívoco e causa da morte do procurador Walter Porto não foi covid-19

De acordo com a assessoria de comunicação do MPPB, a confusão ocorreu devido a informação de que não haveria velório devido a pandemia de covid-19

Procurador aposentado teve parada cardiorrespiratória - Foto: Reprodução

Após divulgar luto de três dias pela morte do procurador-geral de Justiça aposentado, Walter Porto, por covid-19, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) informou que houve um equívoco e essa não foi a causa da morte.

De acordo com a assessoria de comunicação do MPPB, a confusão ocorreu devido a informação de que não haveria velório devido a pandemia de covid-19.

Por e-mail, a médica que assinou o atestado de óbito de Walter Porto, Rosa Melo, entrou em contato com o portal ClickPB para esclarecer que ele faleceu por uma parada cardiorrespiratória, devido à arritmia cardíaca, causada por distúrbio metabólico associados à Doença de Parkinson.

ClickPB

Um comentário: