Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

domingo, 24 de maio de 2020

Primeiro uso de plasma em paciente com Covid-19 acontece na Paraíba em hospital particular

Plasma é retirado do sangue doado por pacientes que já tiveram a Covid-19 e não apresentem mais sintomas há 30 dias

Plasma é retirado do sangue doado por pacientes que
já tiveram a Covid-19 e não apresentem mais
sintomas há 30 dias - Foto: Divulgação/Unimed-JP
Um hospital particular de João Pessoa fez o primeiro uso na Paraíba do plasma de um paciente já recuperado da infecção por coronavírus para tratar outro paciente com Covid-19. Neste sábado (23), o hospital da Unimed realizou a primeira infusão de plasma convalescente em um paciente infectado com o novo coronavírus.

O Núcleo Estratégico de Enfrentamento à Covid-19 da Unimed João Pessoa foi o responsável por este tipo de procedimento. “Este é um tratamento promissor no combate à doença. Os estudos apontam que o uso desta técnica diminui a replicação do vírus no paciente e seu sistema imunológico consegue responder melhor a agressão do vírus”, explicou o anestesiologista Gilvandro Lins, que integra o núcleo.

O plasma sanguíneo usado no paciente partiu de uma parceria entre a Unimed João Pessoa e o Hemovida de Natal, no Rio Grande do Norte. Nesta primeira infusão, dois homens, um de 55 anos e outro de 63, receberam cerca de 200 ml do plasma convalescente, cada um. A identidade do paciente que fez a doação do sangue é sigilosa, no entanto, é uma pessoa que teve exame confirmado para Covid-19 e está sem sintomas há mais de 30 dias.

Entenda o processo
O plasma é retirado do sangue doado por pacientes que já tiveram a Covid-19 e não apresentem mais sintomas há 30 dias. A administração é feita através de infusão deste plasma contendo anticorpos de pacientes que já foram curados. Todo o processo é feito com equipamentos que protegem os profissionais envolvidos de contaminação.


UFPB faz pesquisa com plasma de recuperados da Covid-19
O Hemocentro da Paraíba, localizado em João Pessoa, recebeu na última quinta-feira (21) a primeira amostra de plasma, que é a parte líquida do sangue, de um paciente recuperado da Covid-19. A coleta foi feita para um trabalho de pesquisa do uso do plasma no tratamento de pacientes em estado grave da Covid-19, feita em parceria com pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A pesquisadora Daniele Idalino Janebro ressaltou que o projeto tem como foco salvar vidas. “Pretendemos pesquisar de que forma o uso do plasma convalescente, com vários anticorpos, pode estar neutralizando os vírus SARS-CoV-2”, explicou.

Pessoas que tiveram Covid-19 e estão recuperadas podem doar o plasma entrando em contato pelo telefone (83) 3133-3465.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário