Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Romero diz que não vai flexibilizar abertura do comércio em CG

De acordo com o último boletim, Campina Grande tem 135 casos de Covid-19 e 5 óbitos

Em balanço divulgado nesta quarta-feira (13), em uma reunião remota com vereadores, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), afirmou que não pensa em flexibilizar as medidas de combate ao novo coronavírus, como por exemplo, a abertura do comércio na cidade.

O prefeito destacou que a cidade está enfrentando um aumento alarmante de casos de Covid-19 e descartou a reabertura do comércio neste momento. Romero afirmou que Campina Grande está em momento delicado, de curva crescente de casos da doença.  Ele afirmou também que não vai acompanhar o recente decreto do Governo Federal que reabre academias, salões de beleza e barbearias.

“Entendemos que podemos retomar as atividades comercial em outro momento, mas não exatamente agora”, disse.

Lockdown descartado

Segundo Romero Rodrigues, somente quando o sistema de saúde conseguir reverter essa curva crescente de novos casos é que vai ser possível formular uma nova cartilha para reabertura gradual do comércio campinense. A possibilidade de bloqueio total da cidade (lockdown) também está descartada.

Covid-19 em Campina

Segundo boletim desta terça-feira (12), Campina Grande tem 135 casos de Covid-19 e 5 óbitos. A taxa de ocupação de leitos está em 46% de UTI e 16% de enfermaria. O prefeito foi o terceiro gestor a participar das sessões remotas da CMCG, por meio de videoconferência, que tratam do combate ao coronavírus. O primeiro foi o secretário de Saúde do município, Felipe Reul, seguido do secretário de Estado da Saúde, o médico Geraldo Antônio de Medeiros.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário