Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quinta-feira, 11 de junho de 2020

"A gente se abraçou sem eu saber que era uma despedida", diz viúva de enfermeiro morto em acidente

A viúva narrou como foram os últimos momento com Patrick Villarim, que morreu em uma acidente com uma ambulância do SAMU na Grande João Pessoa

Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Nesta quinta-feira (12) completam 30 dias do acidente que tirou a vida do enfermeiro do SAMU, Patrick Villarim. Desde o acidente, que por ironia do destino ocorreu no dia do enfermeiro (12 de Maio) a esposa da vítima não conseguiu voltar para a casa onde morava com o marido. Desde então, ela está na casa da mãe, que tem sido fundamental nesse processo de luto.

Telma Villarim lembrou que o marido não estava escalado para trabalhar na noite de acidente, mas um amigo pediu para trocar o plantão. Sem saber que nunca mais veria Patrick, a viúva narrou como foram os últimos momento com ele.

"Naquele momento a gente se abraçou sem eu saber que era uma despedida, até porque a gente não prevê essas coisas. A gente não quer que aconteça, por mais que a gente saiba que é o destino de todo mundo. Por isso eu digo, nunca saia de casa sem dizer que ama sua família", disse Telma Villarim.

Uma missa de 30 dias será realizada, na noite desta quinta-feira (12), em uma paróquia no bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa. A cerimônia será realizada de maneira remota, por conta da pandemia de Covid-19.

Laudo do acidente
O acidente envolvendo uma ambulância do Samu que matou uma idosa de 91 anos e um enfermeiro, no mês passado, foi provocado devido às condições de segurança do veículo. O laudo do Instituto de Polícia Científica foi divulgado nesta quinta-feira (11) e descarta falha humana.

De acordo com o perito do IPC, Robson Feliz, foi constatado desgaste excessivo nos pneus da ambulância, que somados aos elementos de pista molhada e chuva intensa, dificultaram a direção do motorista e contribuíram para a perda do controle do veículo.

“Os quatro pneus tinham indicadores de desgastes. A banda de rodagem tem sulcos nos pneus para escoar a água no momento em que o veículo trafega em uma pista molhada. Os sulcos escoam a água, mas os pneus estavam totalmente desgastados”, explicou.

O acidente aconteceu em 12 de maio, quando uma idosa de 91 anos estava sendo transferida de uma UPA em João Pessoa para o Hospital Metropolitano, em Santa Rita, com suspeitas da covid-19. Chovia forte no momento do acidente, e o veículo caiu em uma ribanceira perto da unidade de saúde.

Com o laudo concluído, a autoridade policial vai tomar as providências necessárias para dar andamento à investigação.

Carlos Rocha – Portal T5

Nenhum comentário:

Postar um comentário