Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Empresas de ônibus não podem suspender atividades em Campina Grande, diz Justiça

Prefeitura de Campina Grande pediu na Justiça uma liminar que proíbe empresas de transporte coletivo de suspenderem as atividades nesse momento de pandemia

As empresas de transporte público que prestam serviço em Campina Grande não poderão suspender as atividades durante a pandemia, de acordo com a Justiça. A decisão foi feita nesta segunda-feira (8).

De acordo com a decisão, que favoreceu o pedido da Prefeitura de Campina Grande, os empresários devem manter a frota atual, que corresponde a 30% da frota total, para atender os profissionais da saúde e os prestadores de serviços considerados essenciais.

A liminar garante que seja mantido o atendimento de ônibus nas linhas 303, 333, 300B (FAP); 055 e 550 (Santa Clara); 955, 004, 004A, 444, 903A, 903B, 944 (ISEA); 022, 220, 055, 066, 660, 263ª (Targino); 022, 220, 066, 660, 263B (Hospital da Criança); 550, 055 (Dr. Edgley); 077, 090A, 090B, 092, 101, 111, 400, 404, 770, 900, 902, 909, 922, e 944 (HU e Pedro I).

De acordo com a prefeitura, essas rotas mantêm o percurso de hospitais e demais casas de cuidado à saúde humana, além das demais linhas nos horários de maior movimento. A decisão cabe recurso.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário