Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

terça-feira, 9 de junho de 2020

UFPB e UFCG estão entre as 10 melhores universidades do NE em ranking internacional

UFPB e UFCG aparecem em ranking que avalia qualidade da pesquisa, ensino e empregabilidade do Center for World University Rankings

UFPB e UFCG estão entre as 50 melhores
universidades do mundo em ranking internacional
Foto: Angélica Gouveia/Agência UFPB
A Paraíba tem duas universidades entre as 10 melhores do Nordeste e 50 melhores do Brasil, de acordo com o World University Rankings 2020-21, divulgado nesta segunda-feira (8), pelo Center for World University Rankings. O ranking conta com 2 mil instituições de ensino superior de todo o mundo, sendo 57 do Brasil.

De acordo com o ranking mundial, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está na posição 1.241, com 69 pontos em uma escala que vai até 100. Entre as instituições de ensino do país, a UFPB ocupa a 31° posição, sendo a 5ª melhor do Nordeste.

Já a UFCG tem 66.8 pontos e ocupa a posição de 1.740 no mundo, estando em 49° entre as universidades do Brasil e em 8° entre as instituições do Nordeste.

Em relação à performance das pesquisas, para a qual também foi elaborado um ranking internacional, a UFPB ocupa a posição número 1.177, enquanto que a UFCG está na 1.661.

Para desenvolver o ranking, conforme o Centro, foram avaliados fatores como a qualidade do ensino; a empregabilidade dos ex-alunos; a quantidade de acadêmicos que ganharam prêmios e medalhas internacionais; e o total de trabalhos de pesquisa realizados.

Além disso, é considerado o número de pesquisas publicadas em revistas de “primeira linha” e influentes, assim como o número de trabalhos altamente citados.

O primeiro lugar geral foi ocupado pela Universidade de Harvard, pelo nono ano consecutivo. Entre as instituições brasileiras, a Universidade de São Paulo ficou em primeiro lugar.

UFPB e UFCG estão entre as 50 melhores
universidades do Brasil em ranking internacional
Foto: Marinilson Braga/UFCG/Arquivo

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário