Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

sábado, 11 de julho de 2020

Euclides Vaz de Araújo, presidente das Virgens de Mangabeira, morre após 36 dias internado no Hospital Universitário

Euclides Vaz de Araújo fundou o bloco Virgens de Mangabeira, Quadrilha Junina Tico Show e o time de futebol Fortaleza

Euclides Vaz de Araújo deixa legado para a cultura e o
esporte de João Pessoa - Foto: Arquivo pessoal da família
O bairro de Mangabeira, em João Pessoa, está de luto. Morreu na madrugada deste sábado (11), aos 70 anos de idade, Euclides Vaz de Araújo (Kida), presidente e fundador do bloco carnavalesco Virgens de Mangabeira e da Quadrilha Junina Tico Show, após passar 36 dias internado para tratamento de covid-19, no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), na Capital.

Com apenas dois cliques você fica fazendo parte da Família Blog NP, no Youtube: INSCREVA-SE

Euclides Vaz era bastante conhecido em Mangabeira e a população está de luto. Ele deixa três filhos (dois homens e uma mulher), além da esposa. "Ele deu entrada com covid-19, depois melhorou, mas o quadro permanece com o diagnóstico de covid para a morte", comentou ao ClickPB, a filha Raquel Vaz. Kida deixa um legado para a cultura e para o esporte de João Pessoa. Além do bloco Virgens de Mangabeira, ele ainda fundou a Quadrilha Junina Tico Show há 36 anos e também o time de futebol Fortaleza, conforme contou a filha.

Wallace Albuquerque, morador de Mangabeira, lamentou a morte de Kida. "Eu o conhecia desde 1984. A morte dele foi uma perda para a cultura, para a família e os amigos. Ele era uma pessoa folclórica. Um guerreiro da cultura. Mangabeira está de luto", comentou.

Por conta da morte ter sido covid-19, não haverá velório. O sepultamento deve acontecer na tarde deste sábado (11). A família está decidindo o horário e o local, mas Raquel Vaz contou que, provavelmente, será no Cemitério Jardim Mangabeira, no bairro José Américo, na Capital.

ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário