Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Ex-senador paraibano assume presidência provisória do PSC após prisão do Pastor Everaldo

Marcondes Gadelha, vice-presidente, assume o comando da legenda interinamente, segundo nota. Presidente do partido foi alvo de mandado de prisão em operação da Polícia Federal

Marcondes Gadelha, ex-deputado federal paraibano,
assume presidência do PSC após Operação
Tris in Idem da Polícia Federal
Foto: Divulgação/Câmara Federal

O ex-senador e ex-deputado federal pela Paraíba Marcondes Gadelha assumiu provisoriamente nesta sexta-feira (28) a presidência do Partido Social Cristão (PSC), após prisão do presidente da legenda, Pastor Everaldo, em decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A presidência provisória foi confirmada em nota oficial publicada pelo partido.

Conforme a nota, divulgada nos canais oficiais do partido, o calendário eleitoral do PSC nos municípios seguem sem alteração. O partido informou que “confia na Justiça e no amplo direito de defesa de todos os cidadãos”.

Por fim, a nota explica que o presidente da legenda, Pastor Everaldo, esteve sempre à disposição de todas as autoridades, assim como o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que também pertence ao partido.

O governador do estado fluminense foi afastado em decisão monocrática do ministro Benedito Gonçalves, do STJ. De acordo com a decisão, o afastamento tem o objetivo de frear sua liderança na organização criminosa que promoveu desvios de recursos da saúde no estado, e também os impactos da engenharia criminosa nos cofres públicos do Rio de Janeiro.

Nota de esclarecimento

O ex-senador e ex-deputado Marcondes Gadelha, vice-presidente nacional do PSC, assume provisoriamente a presidência da legenda.

O calendário eleitoral do partido nos municípios segue sem alteração.

O PSC reitera que confia na Justiça e no amplo direito de defesa de todos os cidadãos.

O Pastor Everaldo sempre esteve à disposição de todas as autoridades, assim como o governador Wilson Witzel.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário