Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

SITE OFICIAL DA PREFEITURA DE NOVA PALMEIRA

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Secretário de Saúde da Paraíba alerta sobre síndrome que atinge crianças

De acordo com o secretário, a síndrome é uma manifestação rara em crianças

Foto: Paraibaonline

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, esclareceu algumas dúvidas referentes à síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica, que é potencialmente associada à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o secretário, a síndrome é uma manifestação rara em crianças e tem como principais sintomas dores abdominais, náuseas, vômitos, febre persistente, diarreia e colapso circulatório, que causa queda de pressão e estabelece a necessidade de cuidados intensivos.

“Um percentual baixo de 0,6% ocorreu na China, mais de 300 casos nos Estados Unidos. O que ocorre é que, com o retorno às aulas nos Estados Unidos, 97 mil crianças adquiriram a Covid-19 e aí sim há uma probabilidade dessa síndrome rara”, ressaltou.

Segundo Geraldo, a síndrome atinge uma faixa etária que a Covid-19 geralmente não apresenta sintomas, ela ocorre no mesmo aspecto que no adulto, uma reação inflamatória em todo o organismo, consequentemente podendo apresentar sintomas em qualquer parte do corpo.

“A parte vascular íntima, que é a parte interna dos vasos, fica inflamada e daí esse colapso circulatório com a queda da pressão que ocorre em adultos, e em crianças é o que está se observando”, completou.

Ainda de acordo com o gestor, a Paraíba não registrou nenhum caso do tipo confirmado, mas, em prevenção, tendo em vista o contato das crianças com o início das flexibilizações, a Vigilância em Saúde do Estado emitiu, na terça-feira (11), uma nota técnica para os profissionais de saúde alertando a possibilidade da síndrome.

“É por isso que a Secretaria Estadual de Saúde ainda não liberou a abertura das escolas, justamente por conta desse risco de uma contaminação intensa, que é o que está ocorrendo agora nos Estados Unidos”, finalizou.

As declarações foram repercutidas na Rádio CBN.

ParaibaOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário