Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Após boatos de desabastecimento de combustíveis, Porto de Cabedelo aponta que movimentação de petroleiros ocorre normalmente

A Companhia das Docas informou que a movimentação de navios petroleiros ocorre normalmente no porto

Após o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo na Paraíba (Sindipetro-PB) apontar um problema de logística na distribuição de combustíveis que afetou a cidade de Campina Grande, foi a vez da administração do Porto de Cabedelo se manifestar sobre o assunto. Boatos de que haveria desabastecimento levaram a população a fazer filas nos postos de Campina Grande, mas o Sindipetro garantiu que não vai faltar combustível.

Nas redes sociais, a Companhia das Docas informou que a movimentação de navios petroleiros ocorre normalmente no porto e que os terminais de combustíveis do complexo portuário possuem estoque suficiente para o abastecimento normal nos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, do Ceará e do Rio Grande do Norte.

Leia a nota completa:

Diante da repercussão de informações imprecisas sobre a movimentação de navios petroleiros e desembarque de graneis líquidos no Porto de Cabedelo, a Companhia Docas da Paraíba (DOCAS/PB) vem esclarecer o que segue:

1. A programação de movimentação de navios petroleiros no Porto de Cabedelo segue ocorrendo normalmente, com previsão de atracação do navio Celso Furtado para o dia 23/11/2020, quando serão descarregados mais de 14.000t (quatorze mil toneladas) de gasolina.

2. Os quatro terminais de combustíveis do complexo portuário de Cabedelo, responsáveis pelo abastecimento dos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, possuem estoque suficiente para o prosseguimento normal da distribuição do referido insumo até o desembarque da nova carga.

3. Eventuais regulações de estoque no armazenamento de graneis líquidos nos terminais de Cabedelo, com remanejamento de algum tipo de combustível de ou para outros centros de distribuição da região Nordeste via modal rodoviário, são expedientes considerados normais, a depender da demanda de cada localidade e de suas bases de abastecimento.

Bárbara Wanderley - ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário