Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

sábado, 12 de dezembro de 2020

Após 15 dias internado, morre falso piloto baleado em restaurante na cidade de João Pessoa

Na Paraíba, o falso piloto estava há três meses com a companheira. Já havia sido denunciado várias vezes, a maioria delas por estelionato em São Paulo, mas também por furto e por roubo

Falso piloto estava internado no Hospital de Trauma
de João Pessoa desde o dia 27 de novembro de 2020
Foto: Reprodução/redes sociais

Morreu na manhã deste sábado (12), às 08h09, Diego Schmoller Luciano, de 34 anos, o falso piloto, que foi baleado em um restaurante Olho de Lula, no bairro de Cabo Branco em João Pessoa, no dia 27 de novembro. A informação foi confirmada pelo ClickPB pela comunicação da unidade de saúde.Ele foi atingido por 10 tiros e ficou internado sob custódia no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

No dia 7 de dezembro, a Polícia Civil da Paraíba informou que cumpriu dois mandados de prisão, expedidos pelas Comarcas de Bauru e Agudos, municípios do estado de São Paulo, contra Diego Schmoller Luciano. Ele usava o nome falso de Victor Hugo Garcia.

Ainda de acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a Polícia Civil paraibana descobriu que Diego estava veio foragido para o estado da Paraíba. Ele cumpria pena em São Paulo, teve benefício de regime condicional, deixou de comparecer à Justiça em agosto de 2019 e, desde então, era considerado fugitivo do sistema penal paulista. Na Paraíba estava há três meses com a companheira. Já havia sido denunciado várias vezes, a maioria delas por estelionato em São Paulo, mas também por furto e por roubo.

Aline Martins - ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário