Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Ônibus cai de viaduto na BR-381; segundo bombeiros, há 14 mortos

Pelo menos 27 pessoas ficaram feridas, sendo três em estado grave. Bombeiros dizem que veículo caiu de altura de 35 metros. Acidente aconteceu na altura do km 350

Ônibus cai de viaduto em João Monlevade, de altura
aproximada de 15 metros - Foto: Redes sociais

Um ônibus caiu de um viaduto no km 350 da BR-381, conhecido como "Ponte Torta", em João Monlevade, perto da entrada para Dom Silvério, em Minas Gerais, nesta sexta-feira (4). Por volta de 16h20, os bombeiros informaram que há 17 mortes – 11 no local e cinco óbitos constatados durante o deslocamento para o hospital.

As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Margarida, em João Monlevade. Segundo os bombeiros, 27 pessoas ficaram feridas e tiveram que ser resgatadas até 16h40.

Desses feridos, três em estado muito grave – um adulto e duas crianças – tiveram que ser encaminhados ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

Segundo os bombeiros, o ônibus, que, a princípio, seria de turismo, caiu de uma altura aproximada de 35 metros.

Do alto do viaduto pessoas olham para o ônibus que caiu
de uma altura de 15 metros perto de uma linha férrea
Foto: Redes sociais

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus tem placa de Alagoas, mas ainda não se sabe a origem e destino da viagem. A polícia também informou que a suspeita é de que o ônibus tenha perdido o freio. O motorista, ainda de acordo com a PRF, pulou do veículo e fugiu.

De acordo com a PRF, o acidente ocorreu às 13h30 e envolveu, além do ônibus, um caminhão. A pista teve que ser parcialmente fechada, em razão de veículos parados e pessoas que estão no local.

De acordo com testemunhas do acidente, o ônibus voltou de ré na ponte e quatro pessoas pularam do veículo, antes da queda.

A Polícia Civil informou, por volta de 16h40, que a perícia esteve no local para fazer os primeiros levantamentos. Os corpos serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) André Roquete, em Belo Horizonte, e para o Posto Médico Legal da cidade de João Monlevade. A causa do acidente será investigada.

Fernanda Torquatto, Júlio César Santos, Thaís Leocádio, Marina Borges, Pedro Chimicatti e Iana Coimbra, G1 Minas e TV Globo - Belo Horizonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário