Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Rede municipal de ensino de Campina Grande vai ter ciclo de avaliação de dois anos

Aulas das escolas municipais recomeçam no dia 18 de fevereiro de 2021

Uma instrução normativa publicada pela Secretaria de Educação de Campina Grande indica a adoção para 2021 do ciclo de avaliação e aprendizagem de dois anos letivos em apenas um. A abertura do ano escolar está prevista para 18 de fevereiro de 2021 e a instrução orienta as escolas do ensino municipal sobre novas diretrizes de aprendizagem e avaliação, em caráter excepcional, com o sistema continuo escolar.

De acordo com a secretaria, a normativa tem caráter de orientação para gestores e professores, tendo sido o ano letivo de 2020 readaptado por causa das condições restritivas impostas pela pandemia. Sendo assim, através da normativa, ficam definidas formas de avaliação e organização do calendário 2021 de forma integrada com as horas que não foram complementadas neste ano atípico.

Os estudantes da rede municipal de ensino serão submetidos a uma avaliação diagnóstica, aplicada de forma presencial, com o objetivo de aferir as defasagens de aprendizagem decorrentes de 2020. Estarão isentos dessa avaliação o público-alvo da educação especial inclusiva.

Para atender aos protocolos de segurança sanitária, a avaliação acontecerá entre os dias 4 e 12 de fevereiro, com a distribuição dos estudantes por ordem alfabética, seguindo um cronograma que será repassado pelos gestores. Os estudantes com nota inferior à média de aprovação serão encaminhados para atividades de recuperação.

Além disso, o documento também computa carga horária de atividades regulares e de contraturno, através de atividades não presenciais durante o período de restrição sanitária, como o uso de material didático impresso, atividades via canal de TV e atividades remotas. No caso da Educação Infantil mantêm-se as medidas de excepcionalidade da pandemia, com a continuidade das vivências e interações brincantes.

Para o mês de janeiro estão mantidas as férias coletivas para professores e alunos e uma equipe especial de professores, com dedicação exclusiva ao currículo continuum, será formada para que não haja sobrecarga dos professores.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário