Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Dois pacientes de Manaus com Covid-19 são internados na UTI, em Campina Grande

Ao todo, chegaram em Campina Grande 14 pacientes da capital amazonense

Quatorze pacientes de Manaus chegam à Campina Grande
e dois deles são internados na UTI - Foto: SES/divulgação

Na noite desta quarta-feira (3), 14 pacientes com Covid-19 vindos de Manaus, no Amazonas, chegaram em Campina Grande para o tratamento da doença. O estado de saúde de dois deles é considerado grave e, por isso, eles foram internados em leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Pedro I. Além desses, mais cinco pacientes foram internados nos leitos de enfermaria do mesmo hospital.

Veja também:

Primeiros paraibanos são vacinados contra a Covid-19

As primeiras vacinações contra o Covid-19 em cidades da PB

Os outros sete pacientes foram levados para o Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), que fica ao lado da outra unidade hospitalar. Os pacientes que têm o estado de saúde considerado estável ficaram internados em leitos de enfermarias.

A transferência se dá para minimizar os efeitos do colapso do sistema de saúde da capital amazonense, ocorrida em janeiro e que continua fora de controle.

No total, 15 pacientes seriam transferidos para Campina Grande. No entanto, um deles ficou em Belém, no Pará, onde o avião fez uma parada, devido a gravidade no estado de saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde é quem está responsável pela recepção dos pacientes. O órgão montou uma “sala de estabilização” na pista do Aeroporto João Suassuna, onde foi realizada uma triagem.

Campina Grande possui atualmente 173 leitos disponíveis de enfermaria e 63 de UTI. A Prefeitura explicou que acolherá os pacientes em nome de uma “assistência humanitária” para os moradores do Amazonas.

Essa é a segunda vez que pacientes de Manaus chegam a Paraíba. No mês passado, João Pessoa recebeu a transferência de outros 15, que ficaram no Hospital Universitário Lauro Wanderley.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário