Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

sexta-feira, 26 de março de 2021

Justiça prende dono de rede de lojas por crime de sonegação fiscal, na Paraíba

Mandado de prisão deriva de três condenações com trânsito em julgado, por crimes contra ordem tributária

Foi preso nesta sexta-feira (26), em João Pessoa, Erivan Leandro de Oliveira, gestor de várias redes de lojas no Estado da Paraíba. O mandado de prisão deriva de três condenações com trânsito em julgado, por crimes contra ordem tributária cometidos na gestão de empresas do Grupo Thiago Calçados, localizadas em Campina Grande.

O G1 não conseguiu contato com o acusado.

Veja também: Qual a origem do nome de cidades da Paraíba

O juiz Vladimir José Nobre de Carvalho, em força de unificação das penas, definiu o regime fechado para início de cumprimento de pena, que, pelas três ações penais, totalizaram 11 anos e nove meses de prisão.

O empresário Erivan de Oliveira, proprietário de diversas lojas do grupo Thiago Calçados e Thiago Esportes, responde ainda a outras ações penais na Comarca de Campina Grande, de João Pessoa e de Cabedelo, incluindo a derivada da “Operação Cinderela”, na qual também já foi condenado por sentença de primeiro grau, pendente ainda de julgamento de recurso no Tribunal de Justiça da Paraíba.

O mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia de Crimes contra Ordem Tributária (DCCOT), titularizada pela delegada Karina de Alencar Torres, e pela Promotoria de Justiça de Crimes contra Ordem Tributária (PJCCOT), através da promotora de Justiça Renata Carvalho da Luz.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário