Rádio Cenecista de Picuí

VÍDEOS, FOTOS E MATÉRIAS TAMBÉM NO INSTAGRAM

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Prefeito de Cuité, PB, vira réu em ação na Justiça por não acabar com lixão

O prazo para extinguir o lixão, no acordo assinado com o MP, era 15 de janeiro de 2020

O prefeito da cidade de Cuité, no Curimataú do Estado, Charles Cristiano Inácio da Silva, conhecido como Charles Camaraense, virou réu na Justiça após uma ação proposta pelo Ministério Público porque não acabou com o lixão da cidade. O gestor teria assinado um acordo de não persecução penal com o Ministério Público para acabar com o lixão e não cumpriu a promessa dentro do prazo.

A denúncia foi recebida pelo Tribunal de Justiça da Paraíba por unanimidade. O prazo para extinguir o lixão, no acordo assinado com o MP, era 15 de janeiro de 2020.

Os lixões são problemas antigos dos municípios paraibanos. Desde 2018, 170 prefeitos assinaram acordos de não persecução penal com o MP para a destinação correta aos resíduos sólidos. Conforme o Ministério Público, 156 cumpriram as promessas.

G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário